O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

30 de abril de 2021

QUINTO DOMINGO TEMPO PASCAL.ano B

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

 

CELEBRAR EM CASA

DOMINGO DA VIDEIRA E OS RAMOS

5º DA PÁSCOA, ANO B, 2021.

 

Prepare um espaço com cadeiras em circulo, coloque no centro a bíblia e uma vela, convide as pessoas para se juntarem, mantendo a necessária distância. Alguém acende a vela. Todos ficam em silêncio por algum tempo. A pessoa que vai presidir a celebração começa a celebração com os versos da abertura.

 

1. ABERTURA

- Quem preside canta, os demais repetem:

- Verdadeiramente, ressurgiu Jesus, [bis]

Cantemos aleluia, resplandece a luz. [bis]

- Eis que um santo dia, para nós brilhou, [bis]

Nele, o Senhor agiu, sem fim seu amor. [bis]

- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. [bis]

Glória à Trindade santa, glória ao Deus bendito. [bis]

 

2. MOTIVAÇÃO

Neste 5º domingo da páscoa, que se renove em nós a alegria do evangelho, mesmo em meio à turbulência do momento presente.

Podemos fazer memória de pessoas com quem queremos orar nesta nossa oração.

 

3. SALMO 98[97]

Façamos nossas as palavras deste salmo e agradeçamos a Deus pela salvação que nos deu em Jesus Cristo.

Eu sou a videira vocês são os ramos.

Permaneçam em mim e darão muitos frutos.

1. Cantai ao Senhor Deus um canto novo,

porque ele fez prodígios!

Sua mão e seu braço forte e santo

alcançaram-lhe a vitória.

2. O Senhor fez conhecer a salvação,

e às nações, sua justiça;

recordou o seu amor sempre fiel

pela casa de Israel.

3. Cantai salmos ao Senhor ao som da harpa

e da cítara suave!

Aclamai com os clarins e as trombetas

ao Senhor, o nosso Rei!

4. Aplauda o mar com todo ser que nele vive,

o mundo inteiro e toda a gente!

As montanhas e os rios batam palmas,

exultem de alegria.

- Oração silenciosa

 

4. ORAÇÃO

Ó Deus de bondade, que nos redimiste e adotaste como filhos e filhas, conceda aos que creem em Cristo a verdadeira liberdade e vida em plenitude. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

 

5. LEITURA DO EVANGELHO - João 15,1-8 - Uma pessoa da casa faça pausadamente a leitura:

Leitura do Evangelho segundo

Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos: 1'Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. 2Todo ramo que em mim não dá fruto ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto ainda. 3Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei. 4Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto, se não permanecerdes em mim. 5Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanecer em mim, e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. 6Quem não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados. 7Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vós será dado. 8Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos. Palavra da Salvação.

 

6. MEDITAÇÃO

- Quem preside lê o texto abaixo e abre para a partilha do grupo:

No Antigo Testamento, a videira é uma imagem clássica para designar o povo de Israel. São João, porém, usa-a com outro significado: a videira é Jesus, os ramos é a Igreja, o novo povo de Deus. A vitalidade dos ramos origina-se de sua união com a videira e se traduz em dar frutos; separados, eles secam e são queimados.

A nova comunidade que Jesus inaugura é o resultado desta união entre Jesus e os seus discípulos e discípulas. A relação videira/ramos sugere uma união vital: os ramos não têm vida própria fora da videira, mas a videira não existe e não produz frutos sem os ramos!

É certamente uma boa notícia o fato de fazermos parte tão estreita da vida de Jesus. É o dom da sua ressurreição. Da nossa parte, o compromisso é produzir frutos. Cada pessoa é chamada a fazer valer a vida nova recebida como dom da páscoa no batismo. Sabemos que estamos unidos à videira se produzirmos frutos de amor e de justiça.

Em nossa oração agradeçamos ao Pai pelo dom da páscoa de Jesus e renovemos nosso desejo de comunhão com Ele, para que a nossa vida seja dom em nossa família e para os nossos vizinhos e amigos.

 

7. PRECES

Invoquemos a Cristo, e confiemos a ele as nossas preces, dizendo:

Lembra-te de nós.

- Filho de Deus, fonte de vida, invocamos tua bondade sobre nós e toda a família humana.

Lembra-te de nós.

- Videira fecunda, faz-nos viver da tua vida e caminhar como filhos e filhas da luz, na alegria da páscoa.

Lembra-te de nós.

- Consola as pessoas que sofrem pela doença e pela pobreza, grava em seus corações a tua a voz do teu para que nunca se separem de ti.

Lembra-te de nós.

- Preces espontâneas...

 

8. PAI NOSSO

Oremos a oração que Jesus nos ensinou: Pai nosso...

Oração

Ó Deus de bondade, que nos enraizaste no Cristo ressuscitado, videira verdadeira, fortalece-nos

pela palavra do evangelho para que sejamos, em toda parte, as alegres testemunhas da ressurreição de Jesus, teu filho, nosso Senhor, bendito pelos séculos dos séculos. Amém.

 

9. BÊNÇÃO

O Deus da paz, que pela força do seu Espírito ressuscitou Jesus dentre os mortos, ressuscite-nos desde já para uma vida nova. A ele a glória e o louvor para sempre. Amém.

- Abençoe-nos o Pai e o Filho e o Espirito Santo. Amém.

- Que todos os irmãos e irmãs que adormeceram no Senhor, por sua misericórdia, descansem em paz. Amém.

 

ORAÇÃO À MESA

- Estando todos/as em torno da mesa , canta-se o refrão:

Eu sou a videira vocês são os ramos

Permaneçam em mim e darão muitos frutos [bis]

Quem preside faz a oração:

Nós te louvamos Senhor Jesus, porque ressuscitado te manifestaste aos discípulos durante uma refeição. A nós que recebemos o dom da tua Palavra, concede-nos partilhar estes alimentos na alegria e em ação de graças; dá-nos o vinho novo reservado para o fim dos tempos. A ti, louvor e glória pelos séculos. Amém.

 

PENHA CARPANEDO,  da congregação Discipulas do Divino Mestre, membro da Rede Celebra. www.revistadeliturgia.com.br

 

> 2 - Atualizando:     Cada pessoa é chamada a fazer valer a vida nova recebida como dom da páscoa no batismo.

> 3 - A palavra de Deus na celebração:     João 15,1-8;

> 4 - Dicas e Sugestões:    Celebração para ser feita no templo de nossas famílias, em casa.

 

Ir. Penha Carpanedo