O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

6 de março de 2021

Os Templos vivos de Deus, hoje.

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

3º Domingo da Quaresma – B:

A INDIGNAÇÃO DE JESUS CONTRA O COMÉRCIO RELIGIOSO e

A REVELAÇAO DO NOVO TEMPLO

 

João 2,13-25

Olhando bem, não se sabe o que mais admirar:

- Se o cuidado de Jesus, seu zelo para com o Templo, lugar especial de encontro com Deus, de escuta da sua Palavra, de diálogo amoroso com o Pai, de reorientação da própria vida...

- Se sua indignação, sua raiva, ao ver aquele espaço sagrado transformado em casa de negócio... Religião feito mercadoria, instrumento de exploração do povo, de ganância e lucro vil...

- Ou, então, o anúncio misterioso que ele faz da sua Morte e Ressurreição...

 

A partir de então,

- Ele próprio será o único e verdadeiro Templo, o único ponto de encontro com Deus, seu Pai...

- Os templos de hoje só valem se for para facilitar o encontro verdadeiro com JESUS Ressuscitado, no anúncio da Palavra e na confraternização da Ceia, de modo que se possa abastecer do seu Espírito, que renova a vida das pessoas e a face da terra.

- E faz sentido lembrar aqui o que ele disse em outra oportunidade: Onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, eu estou ali, no meio deles (Mt 18,20).

- Aliás, o Apóstolo Pedro irá escrever claramente, que em comunhão com Jesus Ressuscitado, pedra viva, pedra angular, nós, como pedras vivas, formamos um edifício espiritual (1Pd 2,5-7)... E o Apóstolo Paulo dirá com igual clareza que nós somos o templo do Deus vivo (2Co 6,16). 

 

E assim, Jesus, vivo e presente em cada pessoa que nele crê, e, sobretudo, vivo e atuante na Comunidade Cristã, a Igreja, Sacramento maior, sinal privilegiado da sua presença e ação, será, no seio da sociedade, fermento de transformação e garantia de que o Reino de Deus haverá de acontecer “assim na terra, como no céu”!

 

E será este o nosso jeito de vivenciar a Quaresma, para que a PÁSCOA aconteça.

(2) Hino Quaresmal: PASCAL CORDEIRO

(ODC Part. II p. 118)

   Pascal Cordeiro,

   que libertas a todos do exílio,

   vieste resgatar as ovelhas perdidas

   e com preço de sangue nos salvaste.

   Vem, ó Senhor Jesus!

   Pastor das águas vivas,

   Que a tua Páscoa cantemos!

 

bendito seja, em nome do senhor, aquele que vem salvar seu povo!

   Novo Rochedo,

   de onde brota o rio da vida,

   vieste saciar a sede dos que creem

   e o teu coração deixaste abrir...

   Vem, ó Senhor Jesus!

   Ó fonte inestancável,

   Que a tua Páscoa cantemos!

 

(3) Salmo de resposta: SALMO 19b

                (ODC Part. I, p. 29)

ó eterno amor, tens palavras

que são vida, vida eterna!

 

1.Do Eterno Amor a Lei é perfeita

   Por ela a vida nos é refeita!

   - Seu testemunho é tão veraz

     E nossa mente tão sábia faz!

 

2.O seus preceitos são tão direitos

   Que o coração fica satisfeito!

     - Seus mandamentos são luminosos

       E iluminam os nossos olhos!

 

3.Do Eterno Amor a palavra é pura

   E para sempre, pra sempre dura!

   -  Do Eterno Amor, os seus julgamentos

      Fiéis e justos são, todo o tempo.

 

4.São mais preciosos e apreciados

   Que mesmo o ouro mais refinado!

   - E sua doçura o mel supera,

     Mesmo o licor que o favo gera!

 

(4) Aclamação: Honra, Glória + Jo 2,19

 

honra, glória, poder e louvor    (H II p.111)

a jesus, nosso deus e senhor!

Destruí este Templo e o reerguerei,

No terceiro dos dias o levantarei!

 

 (5) Ofertório: noss’alma quebrada Dn 3,37-42

 

1.Amor Eterno,

   já somos tão poucos, em meio às nações

   e humilhados,

   no mundo inteiro, por tais transgressões,

   na terra inteira, por nossos pecados!

   Nem, neste tempo,

   Há chefe ou profeta, alguém que governe,

   Nem há oferta,

   Nem mesmo local onde a gente oferte

  E misericórdia se alcance, na certa...

(1) Abertura: SALMO 25

      (OMS – Of. das Alegrias, fx. 13)

 

voltei meus olhos para o Amor,

/:meus pés do laço libertou:/

misericórdia, Eterno Amor,

/:pobre e sozinho aqui estou!:/

 

1.A ti, Amor, elevo a minh‘alma,

Amor Divino, em ti eu confio...

Jamais eu fique envergonhado,

Jamais triunfem meus inimigos.

- Não fica mesmo envergonhado

  Quem sua esperança em ti coloca;

  Envergonhado há de ficar

  Quem sem motivo te atraiçoa.

 

2.Eterno Amor, me mostra os caminhos,

Por tua verdade guia teu servo

Minha salvação és, Amor Divino,

A vida toda, em ti espero!

- Lembra, ó Eterno Amor quem tu és,

  Que desde sempre és fidelidade,

  E meus pecados de ontem, de hoje,

  Não recordá-los, por tua bondade!

 

3.Correto e bom, só o Eterno Amor,

E a quem erra mostra o caminho,

Os pobres guia pela justiça;

Por seu caminho, os pequeninos!

- Fidelidade e graça, os caminhos,

  Eis os caminhos do Amor Eterno

  Para quem guarda sua Aliança

  E sempre cumpre os seus decretos!

  

4.Pelo teu nome, ó Eterno Amor,

O meu pecado, sem mais, perdoa!

Quem é que o Amor reverencia?...

A este ensina a reta escolha!

- Será alguém que vai bem viver,

  Sua raça a terra possuirá;

  Eterno Amor para ele há de ser,

  Sua Aliança lhe mostrará!

 

5.Volto meus olhos ao Eterno Amor

E das ciladas vai me livrar...

Volta tua face, de mim, piedade,

Só, miserável, a te implorar!

- Me desafoga de tanta angústia,

  Livra-me, oh! sim, de tanta aflição;

  Vê minha miséria e meu sofrimento,

  E dos pecados dá-me o perdão!

 

6.Meus inimigos, quão numerosos!

Com violência a me odiar...

Protege e livra, e não me envergonhe

Por teu refúgio sempre buscar!

- Que a retidão me proteja sempre,

  Pois sempre em ti pus minha esperança,

  Amor Divino, livra o teu povo,

  De toda angústia e desesperança!

      

  /:Noss’ alma quebrada, o peito humilhado

   te sejam aceitos!

   oferta sincera, qual mil sacrifícios

   que possam ser feitos!:/

 

2.Essa, a oferta

   Que agora, confiante, a gente apresenta,

   Diante de ti.

   Que seja sem falta, que seja completa,

   Pois não se engana quem confia em ti!

   Vamos pra sempre,

   Nós vamos seguir-te bem de coração,

   No teu temor,

   Nós vamos buscando tua Face e perdão,

   E não nos confundas, nos trata com amor

 

(6) Comunhão: Salmo 84 (ODC Part. II, p. 51)

 

foi muita gente que viu,

os sinais que o senhor operava

e acreditaram naquele

que a eles se manifestava!

 

1.Como é boa a tua casa,

   Ó Amor onipotente,

   Minh’alma anseia por ela,

   E exulta no Deus vivente!

    -  Encontrou o passarinho

       Uma casa onde ficar

       E a andorinha, um ninho,

       Pros seus filhotes deixar.

   E foi junto a teus altares,

   Ó Amor onipotente,

   Foi junto a ti, ó meu Rei,

   meu Deus, foi, sim, tão somente.        

 

2.Bem feliz é quem habita

   No recinto de tua casa:

   Cantando a ti seus louvores

   Pra sempre, em tua morada!

     - Feliz quem se abriga em ti

     Teus caminhos a prezar

     Passando por terra seca

     Oásis dela fará!

   E mesmo a primeira chuva

   Abençoa aquele chão...

   Passando sempre mais fortes

   O Deus dos deuses verão!

 

3.Ó Amor onipotente,

   Ouve agora o meu pedido,

   Repara, ó Deus, nosso escudo,

   Pra face do teu Ungido!

   - Pois um dia em tua casa

     Vale mais que mil lá fora!

     A conviver com perversos

     Prefiro está a tua porta!

   Sol e escudo é Deus Amor

   Graça e glória ele concede

   E bem algum jamais nega

   A quem direito procede!

 

4.Ó Amor onipotente

   Feliz quem em ti confia!

   E cante glória à Trindade

   A Igreja em romaria! 

Os Templos vivos de Deus, hoje.

Um governador de importante estado da Federação conclama as pessoas a colocarem suas vidas a serviço da Economia...

O presidente da República dá o pior exemplo de descaso pelos cuidados com as medidas de proteção contra a pandemia e, inclusive, se opõe ao lockdown, ameaçando os governadores que o adotarem de não receberem o auxílio emergencial do governo federal, porque tudo isso prejudica a Economia...

O ministro da Economia gostaria que o Congresso aprovasse uma PEC “do auxílio emergencial” para financiar o mesmo, retirando dinheiro da Saúde e da Educação, para não ultrapassar “o teto dos gastos” e assim prejudicar a Economia...

O ministro do Meio Ambiente trabalha para que tudo quanto facilita a exploração e os lucros do Agronegócio passe que nem boiada pela porteira aberta da impunidade, do desrespeito às leis ambientais, do total descaso com a vida das pessoas e do Planeta: a grilagem das terras públicas, o uso indiscriminado de venenos na agricultura, o desmatamento, o incêndio criminoso de nossas florestas, o assassinato das lideranças da luta pela terra e dos ambientalistas...

Esse é o mote que dá o rumo ao governo desse país, em todos os níveis: SALVAR A ECONOMIA! As pessoas, os seres humanos e o Meio Ambiente, o Planeta que se danem.

Até quando?... Como é que esses criminosos genocidas, delinquentes contumazes, que põem em risco as vidas de 220 milhões de seres humanos, continuam soltos, impunes, se banqueteando e gargalhando, fazendo pouco de tanto sofrimento e de tantas mortes?...

Semana passada, falávamos de uma Quaresma de luto por 250.000 crucificados, as vítimas fatais da pandemia, até então...

Hoje precisamos falar de mais de 10 milhões de infectados, isto é, mais de 10 milhões de Templos Vivos de Deus profanados pelo descaso com a Coisa Pública, com a Vida, em nome do primado absoluto da Economia, a serviço do deus-Mercado.

Dialogar por amor e com amor com essa realidade, suas vítimas e seus algozes, passa, necessariamente pela indignação. A mesma que teve Jesus diante dos vendilhões do Templo de Jerusalém.

Enquanto isso, Igrejas, ameaçadas de falência, porque vivem do mercado religioso, advogam o direito de abrirem seus templos, porque seus cultos seriam “atividades essenciais”... Hipocritamente, tentando passar a “certeza” de que, lá, todos estariam seguros, pois Deus garantiria que ninguém seria infectado... Lembram a segunda tentação porque passou Jesus no deserto, quando o demônio o levou ao ponto mais alto do Templo e propôs que, se era Filho Deus, ele se jogasse lá de cima, porque estava escrito que Deus “dará ordens a seus anjos a teu respeito, e eles te levarão nas mãos para que teu pé não tropece em alguma pedra”... E o que foi que Jesus respondeu?... “Também está escrito: ‘Não tente ao Senhor seu Deus!’” (Mt 4,6-7).

Gente, governantes, pastores, padres, trabalhadores e trabalhadoras, sejamos tod@s honest@s com Deus e com o Povo! Unamos nossas forças na luta pelo respeito à dignidade e a Vida de todos os Templos Vivos de Deus, para que, em meio a todo esse cenário de morte e devastação, tod@s sejamos repeitad@s e tenhamos condições de Vida e felicidade. Só assim o brilho da Ressurreição resplandecerá em nossa faces, e haverá Páscoa para se celebrar!

 

> 2 - Atualizando:     Esse é o mote que dá o rumo ao governo desse país, em todos os níveis: SALVAR A ECONOMIA! As pessoas, os seres humanos e o Meio Ambiente, o Planeta que se danem. Até quando?... Como é que esses criminosos genocidas, delinquentes contumazes, que põem em risco as vidas de 220 milhões de seres humanos, continuam soltos, impunes, se banqueteando e gargalhando, fazendo pouco de tanto sofrimento e de tantas mortes?...

> 3 - A palavra de Deus na celebração:     Mercadores no Templo: Jo 2,13-25

> 4 - Dicas e Sugestões:    Hoje precisamos falar de mais de 10 milhões de infectados, isto é, mais de 10 milhões de Templos Vivos de Deus profanados...

 

Reginaldo Veloso