O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

12 de janeiro de 2019

BATISMO DO SENHOR JESUS

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

Batismo do Senhor Jesus

1-Aprofundando os textos bíblicos: Lc3, 15-16.21-22 – Isaías 42,1-4.6-7 – Salmo 29 (28) – Atos 10,34-38: O Batismo de Jesus é sua 2ª epifania aos judeus e à comunidade dos cristãos. Jesus se faz batizar como um pecador comum. Ele se incorpora ao povo, mas dá novo sentido ao rito batismal: o que era sinal de arrependimento, para Jesus é plenitude de justiça – é enfrentar sua missão. No texto do Evangelho, o testemunho do céu revela uma estrutura trinitária: voz do Pai, descida (kenose) do Espírito e título de Filho. A figura da pomba pode ser referência à esposa do Cântico dos Cânticos (2,14); é também um símbolo do povo de Israel, segundo o Talmud da Babilônia; lembra, ao mesmo tempo, o Espírito que pairava sobre as águas antes da criação, em Gênesis 1,2 e a união Espírito/Esposa em Apocalipse 22,17. O 2º Testamento vê em Jesus o Servo de quem Isaías 42 fala. Este texto é o 1º cântico do Servo de Javé, figura profética que recebe a missão de anunciar a misericórdia e a fidelidade de Deus e por isso recebe o seu espírito. O Servo é o Amado, aquele que iria sofrer e morrer, cumprindo a vontade de Deus para salvar o povo. A Palavra de Deus no batismo de Jesus lembra o Servo que animou o povo exilado na Babilônia. No Salmo 29, aparece 7 vezes a expressão “voz de Iahweh”; ela se revela totalmente em Jesus Cristo.

2-Atualizando: Jesus é o Servo, por excelência, o Filho bem-amado. Sobre ele repousa o “dinamismo” de Deus; tudo o que Ele faz é obra que Deus deseja; Ele é realizador do projeto de Deus. Sem aceitar privilégios, Jesus quer ser solidário com os pecadores. O batismo de Jesus é despojamento de sua grandeza de filho de Deus. O batismo cristão é participação no batismo de Cristo e na sua missão como Servo Amado de Deus, no Espírito. Ser batizado é tornar-se Servo com Cristo para estar a serviço da humanidade.

3-A palavra de Deus na celebração:

Mergulhados nas águas portadoras do Espírito, revivemos hoje nossa consagração batismal e como filhos(as) amados do Pai somos confirmados na missão de ser luz das nações e anunciadores da boa - nova do Reino. Como povo sacerdotal, proclamamos pela eucaristia as maravilhas daquele que nos chamou das trevas à sua luz e, aceitamos ser mergulhados com Ele no mistério de sua filial entrega ao Pai.

4-Dicas e sugestões: Vejam no Dia do Senhor, Ciclo do Natal, ABC p.187-196.

M. Carmo de Olivera e M. Lourdes Zavarez

 

 

> 2 - Atualizando:    

> 3 - A palavra de Deus na celebração:    

> 4 - Dicas e Sugestões: