O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

18 de fevereiro de 2018

PRIMEIRO DOMINGO DA QUARESMA - ANO B

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

~~Primeiro Domingo da Quaresma – Ano B

Textos bíblicos: Mc 1,12-15; Gn 9, 8-15; Sl 25(24); 1 Pedro 3,18-22


1. Aprofundando os textos bíblicos: Mc 1,12-15; Gn 9, 8-15; Sl 25(24); 1 Pedro 3,18-22
Mc 1,12-15 – Marcos diz que Jesus permaneceu 40 dias no deserto. É a memória do AT: dilúvio (Gn 7,40); Moisés sobre o Sinai (Ex 24,18); caminho de Elias para o Horeb (1 Rs 19,8) e os 40 anos de deserto (Ex 16,35; Dt 9,7). Com essa memória, Marcos mostra Jesus realizando o Êxodo definitivo. Ele enfrenta as ocasiões que fizeram Israel pecar, mas mantém-se fiel ao projeto do Pai. No AT o deserto tem duplo sentido: é o lugar de prova, de tentação e infidelidade a Deus (Dt 8,2-6); e onde Satanás fica vagando (Is 13,21;34,14). Mas é o lugar da proteção de Deus, do encontro com ele, para servi-lo na intimidade da Aliança (Os 2,16; Dt 32,10).
Gn 9, 8-15 – Deus faz aliança com a humanidade; Ele quer a vida para as pessoas, animais e natureza toda; o arco-íris é o símbolo de que a destruição no mundo não é ação de Deus, mas abuso da liberdade da pessoa humana.
Sl 25(24) – Recorda a Aliança com Deus, aliado dos oprimidos conduzindo-os à terra da promessa. 
1 Pedro 3,18-22 – Carta em tempo de perseguição. O autor faz um paralelo entre a Arca e dilúvio com o Batismo. O compromisso dos batizados implica morte e ressurreição, luta contra o mal e vitória com Cristo Ressuscitado.

2- Atualizando: As tentações são um resumo de toda busca de poder, de sucesso sensacionalista e de acumulação de riqueza. Jesus venceu essas tentações e continuou servidor. O que a Palavra de Deus nos questiona no início da quaresma?

3- A palavra de Deus na celebração:
Somos sustentados com a “Palavra que sai da boca de Deus” e conduzidos pelo Espírito do Senhor, à conversão. Proclamamos a vida que vence a morte, renunciando atitudes de ambição e prepotência e cultivando nosso desejo de seguir com fidelidade o caminho de Jesus. Renovamos nossa aliança com Deus no sangue de seu Filho, derramado por amor e apresentado por nós ao Pai numa oferenda perfeita.

4- Dicas para a celebração encontram-se no Dia do Senhor, Ciclo Pascal ABC, pág. 101-105. Um roteiro básico destacando o símbolo da cruz, o rito de bênção da água e aspersão e alternativas para a ação de graças e a partilha está nas páginas 41-53. A oração da CF poderá concluir as preces da comunidade.

 

Maria do Carmo de Oliveira e M. Lourdes Zavarez

 

 

> 2 - Atualizando:    

> 3 - A palavra de Deus na celebração:    

> 4 - Dicas e Sugestões: