O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

3 de dezembro de 2017

Vigilância - Primeiro Domingo do Advento - Ano B

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

1º Domingo do Advento - Ano B –  (Vigilância)

(1ª. semana do saltério)

1. Aprofundando os textos bíblicos: Is 63, 16b-17.19b; 64,2b-7; Sl 79 (80); 1 Cor 1, 3-9; Mc 13,33-37:
Em sua Palavra, hoje Deus se revela como nosso resgatador, redentor. A palavra “resgatar” (Go’el) ocorre 23 vezes em Is 40-66. Seu significado é a intervenção de um parente em favor de um membro da família vivo ou morto. Em relação a um parente morto, o redentor é o vingador do sangue, ou quem lhe dá uma descendência se ele não deixou filhos; no caso de parente que caiu na miséria ou escravidão, o resgatador paga as dívidas, ou resgata a ele mesmo. Deus é nosso Parente, o Pai/Mãe que nos modela e ensina a caminhar. Jesus é o Go’el, que ao ausentar-se, deixou a sua missão sob responsabilidade de seus servos, recomendando que estivessem vigilantes. Servos, patrão e casa se referem à comunidade cristã. Nas mãos da comunidade está o evangelho de Jesus, sua causa, e sua casa. Seguir a Jesus, Go’el, redentor nosso, é ser resgatador do ser humano, dos pequenos, dos marginalizados, dos inválidos, dos que vivem com um salário de fome; do terceiro mundo vivendo de migalhas das nações ricas. A 1ª carta aos Coríntios é ação de graças pelos dons recebidos de Deus. Ele nos mantém firmes e irrepreensíveis na caminhada, superando os conflitos. À esperança da vinda de Jesus, corresponde à contínua fidelidade que nos chama para a comunhão com nosso “Parente”, Irmão mais velho.

2. Atualizando: A oração de Is 64,7, no início deste Advento, nos dá certeza de que Deus continua cuidando de nós como obra de suas mãos. Advento é o tempo de semear o Reino! Advento do mundo justo e solidário. Estamos vigilantes, cuidando da casa de Deus, para que o novo mundo chegue? Lembremos das palavras de Che Guevara: “Não me esperem para a colheita, pois estarei sempre na semeadura”.

3. A palavra de Deus na celebração: O acendimento da 1ª vela do Advento faz brilhar em nós a esperança do mundo novo, já presente em tantos sinais: na luta e resistência dos pobres e nas pequenas vitórias em nosso cotidiano. Damos graças ao Pai, o Divino oleiro que nos molda, qual barro em suas mãos. Pelo Filho, o redentor, sacramentalmente presente e atuante em nossa assembléia, Ele nos mantém acordados e perseverantes na missão de apressar a chegada definitiva do Reino.

4. Dicas e sugestões: Encontram-se no Dia do Senhor, Ciclo do Natal, Ano B, p.71-75.

 

 

> 2 - Atualizando:    

> 3 - A palavra de Deus na celebração:     Is 63, 16b-17.19b; 64,2b-7; Sl 79 (80); 1 Cor 1, 3-9; Mc 13,33-37:

> 4 - Dicas e Sugestões: