O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

25 de setembro de 2021

VIGÉSIMO SEXTO DOMINGO DO TC / ANO B

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

26º Domingo do Tempo Comum / Ano B – 26/09/2021

DIA NACIONAL DA BÍBLIA

(segunda semana do saltério)

1-Aprofundando os textos bíblicos: Marcos 9,38-43.45.47-48; Números 11, 25-29; Salmo 19b(18); Tiago, 5,1-6:

O evangelho e a primeira leitura mostram-nos que o fechamento no próprio grupo, mesmo que seja ele de seguidores de Jesus, ou de profetas, não está de acordo com o Espírito de Deus. O dom do Espírito não está ligado a um lugar, a um cargo, ou a um grupo. Nenhuma instituição pode monopolizar o Espírito. Deus é livre e age generosamente. Também Jesus não é monopólio da comunidade. “Quem não é contra nós está a nosso favor.” Esta frase alarga a compreensão do que significa seguir Jesus. Os verdadeiros seguidores de Jesus podem estar fora da instituição; a comunidade que segue a proposta de Jesus é caracterizada por atitudes que podem ser realizadas fora dos limites da igreja. É discípula de Jesus toda pessoa que “der um copo d’água”, “que não escandaliza os pequenos”. O maior escândalo é o acúmulo de riqueza à custa da miséria de muitos, é a competição, ambição de quem quer ter mais poder, ou a auto-suficiência de quem se diz da comunidade, mas se fecha aos diferentes, contradizendo o espírito de serviço que deve caracterizar quem segue Jesus.

O salmo 19 (18) 8-14 coloca sete predicados para a Lei: “A Lei é perfeita: devolve a respiração, alegra o coração, dá luz aos olhos, é límpida e pura, é justa, mais valiosa que o ouro, mais doce que o mel...”(Tradução ‘Bíblia do Peregrino’) A Lei do Senhor nos educa, não exige obediência cega, mas abre os olhos e não é carga insuportável.

2-Atualizando: A Palavra de hoje nos alerta contra a escravidão de nossas instituições e estruturas quando as identificamos com o próprio Deus. Em que sentido a Palavra de Deus deste domingo alarga nossos horizontes de Reino de Deus e nos motiva a sermos mais abertos?

3-A palavra de Deus na celebração: A celebração é expressão de unidade, comunhão nas diferenças. A atitude ecumênica é exigência da palavra que hoje nos propõe acolher a salvação oferecida a todas as pessoas, independente do grupo a que pertençam. É na liberdade de filhos/as de Deus que na eucaristia, nos oferecemos com Cristo ao Pai para que todos sejam livres e felizes.

4-Dicas e sugestões para a celebração:

Nossa Celebração na casa, na família, na vizinhança, poderá ser uma ação de graças, com bênção e partilha do pão, da água e outros alimentos. Colocamos um roteiro básico com alternativas para a ação de graças.

Maria de Lourdes Zavarez e Maria do Carmo de Oliveira

 

 

> 2 - Atualizando:     A Palavra de hoje nos alerta contra a escravidão de nossas instituições e estruturas quando as identificamos com o próprio Deus. Em que sentido a Palavra de Deus deste domingo alarga nossos horizontes de Reino de Deus e nos motiva a sermos mais abertos?

> 3 - A palavra de Deus na celebração:     Textos bíblicos: Marcos 9,38-43.45.47-48; Números 11, 25-29; Salmo 19b(18); Tiago, 5,1-6

> 4 - Dicas e Sugestões:   

 

M. do Carmo de Oliveira e M. Lourdes Zavarez