O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

A PALAVRA DE DEUS NO DIA DO SENHOR

7 de abril de 2019

QUINTO DOMINGO DA QUARESMA - ANO C

Imprimir Voltar

1 -Aprofundando os textos bíblicos:     

Quinto Domingo do Tempo Comum – Ano C

1-Aprofundando os textos bíblicos:

Lucas 5,1-11 – Isaías 6,1-8 – Salmo 138 (137) – 1 Coríntios 15,1-11 -  A vocação de Isaías se dá no Templo, provavelmente pelo ano 740 antes de Cristo. Serafim  significa ardente; seu aspecto ardente talvez seja símbolo do relâmpago, quando a manifestação de Deus se assemelha a uma tempestade (v. 4). Os abalos provocados no lugar e a fumaça que evoca o altar do incenso, lembram as grandes teofanias, ou manifestação de Deus (principalmente em Ex 19, 16-19; 20, 18; Is 4,5; Sl 18, 8-14; 29; 68, 9.34; 77, 18-19; Jó 37,2-4). A purificação da boca confirma a vocação do profeta e prepara a sua missão. O evangelho também fala da vocação, agora dos discípulos. Lucas mostra antes do chamado alguns aspectos da atividade de Jesus e fala da fama que se espalhava; situa o chamado em um contexto de pesca milagrosa, após a pregação de Jesus à multidão. No texto deste domingo podemos distinguir três elementos: vv. 1-3 – Jesus fala e o povo ouve; vv.4-7 – a pesca milagrosa; vv.8-11 – vocação de Pedro, Tiago e João. O v. 11 é encerrado com a palavra “seguir”, que no judaísmo do séc. I designava habitualmente o respeito, a obediência e os numerosos serviços que os discípulos dos rabinos deviam prestar a seus mestres. Aplicando esse termo aos discípulos de Jesus, há uma modificação de sentido: *já não é o discípulo que escolhe o mestre; o chamamento vem de Jesus. *os discípulos seguem Jesus não só como ouvintes, mas como colaboradores, testemunhas do Reino de Deus, obreiros de sua messe; ligam-se ao ensino e à sua pessoa. *seguir Jesus é tomar sobre si a sua cruz e participar de sua ressurreição.

2-Atualizando: Deus se dá a conhecer suscitando profetas, enviando Jesus, convocando discípulos e apóstolos. Mesmo dentro de limitações e incapacidades, a força de Deus nos leva à experiência de sua santidade e poder e nos transforma em seus mensageiros. Como temos respondido à confiança que Deus deposita em nós? Qual é a profundidade de nosso seguimento ao nosso Mestre?

3-A palavra de Deus na celebração:

Adoramos o Senhor que nos ama e nos faz participantes do mistério da Páscoa de Jesus. Ele renova em nós o ardor da vocação profética e missionária e nos faz experimentar, pela partilha do pão e do vinho, a caridade fraterna e universal, própria do Reino. Modelados por esta experiência pascal somos animados a lançar sempre as nossas redes em seu Nome para que nossa missão produza muitos frutos.   

4-Dicas e sugestões: Vejam no Dia do Senhor TC, Ano C p. 70-74.

 

 

> 2 - Atualizando:    

> 3 - A palavra de Deus na celebração:    

> 4 - Dicas e Sugestões:   

 

M. do Carmo de Oliveira e M. Lourdes Zavarez