O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

CELEBRAR COM ARTE, BELEZA / INTEIREZA DO SER

Imprimir Voltar

COMO FAZER UMA COROA DE ADVENTO? O que é preciso?

 

bulletin blog


COMO FAZER UMA COROA DE ADVENTO? O que é preciso?

1.  círculo – sem começo, sem fim. Lembra-nos as formas circulares do universo com seus sistemas planetários e estelares, galáxias... a nossa mãe Terra; o ventre feminino que nos gerou e os seios que nos amamentaram. A forma circular da coroa refere-se à harmonia cósmica, ao feminino. A circularidade está ligada ao tempo, ao ano, aos avanços e recuos da história. Poderá ser feito com ramos verdes. De preferência usar material natural. Cuidar da verdade nos sinais.


2. Ramos verdes – Existe a esperança! Mesmo quando tudo se encontra na maior secura, guardamos a esperança de que a sonhada chuva, ou o orvalho, o sereno da noite, despertarão a vida. Os ramos sinalizam nossa relação originária e permanente com a natureza, e o seu verde é sinal de esperança...


3. Velas - A coroa do advento com 4 velas correspondendo aos 4 domingos (ou 9 correspondente aos dias da novena) que vão se acendendo progressivamente, expressa nossa atitude de vigilância no meio da noite como as virgens do evangelho (Mateus 25,1-13). A luz da vela evoca o próprio Cristo, Sol da justiça, a quem esperamos ‘com toda a ternura do coração’.


4. O RITO DO ACENDIMENTO – A coroa não deve ser colocada sobre o altar, mas em local especial para ela. Normalmente as velas são acesas no início da celebração, nos ritos iniciais. Seria muito bom que uma mulher grávida entrasse com uma vela acesa, enquanto a comunidade canta um refrão e ela coloca a primeira vela e pronuncia as palavras:
D: A luz de Cristo que esperamos neste Advento enxugue todas as lágrimas, acabe com todas as trevas, console quem está triste e encha nossos corações da alegria de preparar sua vinda neste novo Ano de graça!
A comunidade pode cantar um refrão apropriado, inspirado no v. 28 do evangelho do 1º domingo: “Está vindo a libertação, ergam a cabeça e levantem do chão!” (Ofício Divino das Comunidades, Suplemento 1, refrãos meditativos, p. 23), ou “Não deixe a lamparina apagar...” (Hinário Litúrgico I, p. 40) ou outro.
A cada domingo acende-se mais uma vela até chegar o 4º. Domingo do Advento com as 4 velas acesas.