O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

PÁSCOA DO PADRE GREGÓRIO LUTZ

17/09/2019

Padre Gregório Lutz,

fez sua páscoa definitiva, no dia 5 de setembro na Alemanha, onde se encontrava para tratamento médico. Estávamos acompanhando a sua luta pela saúde, sabíamos de seu estado debilitado, mesmo assim a notícia nos pegou de surpresa. Um enorme sentimento de perda tomou conta de nós, porque padre Gregório não foi simplesmente um grande professor, mas um mestre que fez discípulos e discípulas, que marcou a vida de muitos/as de nós que fomos suas alunas e alunos e que nos tornamos seus “seguidores/as”. Por isso, o sentimento de perda é proporcional à imensa gratidão que lhe devotamos por tudo o que construímos em nossas vidas com sua amizade, com seu ensino, com seu testemunho de vida e de missão entre os mais pobres.

Vindo da Alemanha em 1970 mergulhou na Igreja do Brasil, dedicou-se à liturgia como professor e como pastor junto às comunidades. Identificou-se com o modo como o Concílio Vaticano II foi recebido na América Latina e no Brasil a partir de Medellín e buscou incansavelmente uma liturgia na qual o povo é sujeito, sobretudo os pobres, homens e mulheres. Tinha verdadeira admiração pelo Ofício Divino das Comunidades. E gostava de repetir: “A Liturgia das Horas é liturgia, mas não é popular; o terço é popular, mas não é liturgia; o Ofício Divino das Comunidades é popular e é liturgia”.

À distância damos o nosso Adeus a este querido mestre e irmão!

 

Rede Celebra, articulação nacional

DOWNLOAD DO ARQUIVO →