O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

A vinda de Jesus Cristo é salvação para todos os escolhidos

17/11/2018

33º Domingo do Tempo do Discipulado e da Missão – B:

DOMINGO DA GRANDE ESPERA

 

Marcos 13,24-32

 

Há uma Bem-Aventurança de Jesus que talvez seja a mais evocada: “Felizes os que têm fome e sede da justiça, porque deles é o Reino dos Céus!”. Merece atenção o artigo “a” que precede e determina o substantivo “justiça”. A fome e sede não são de qualquer justiça. São de uma justiça determinada, aquela que transcende a de todos os tribunais e juízes deste mundo. Aquela, cuja sede, está no profundo do coração dos pobres, dos últimos, dos excluídos da terra, dos que só têm Deus por eles. Quando será que a justiça de Deus se fará sobre a face da terra?... É disso que se trata quando se fala de “fim do mundo” ou da “Vinda final do Filho do Homem”. A destruição do Templo de Jerusalém, por volta dos anos 70 d.C.; o fim do Império Romano, no final do século V; mais perto de nós, as duas grandes guerras mundiais; finalmente, toda a onda de violência que vem tomando conta do mundo, juntamente com as grandes catástrofes provocadas pelos fenômenos da Natureza... Tudo isso e cada coisa a seu tempo, tem levado o povo a pressagiar o “fim do mundo”. E os mundos passam, mas a História continua, assim como permanece aceso o sonho da Justiça. Quando será esse Dia?... É um segredo do Pai.

Aos filhos e filhas, cabe esperar, empenhando-se para que esse Dia não tarde demais e os pobres não percam a esperança.

Será feliz quem, atento aos “sinais dos tempos”, fizer sua parte, aqui e agora, e souber entoar o canto da esperança que “não decepciona” (Rm 5,5).

 

E como tudo isso tem tudo a ver com esse tempo de CRISE do país e do mundo!

 

aleluia! aleluia! aleluia! aleluia!

Pois o Dia em que vem o Senhor

Vocês nunca saberão!

aleluia! aleluia! aleluia! aleluia!

 

(4) Ofertório: NÃO SE DEVE DIZER

                          (HIN III B)

 

não se deve dizer:

“nada posso ofertar!”,

/:pois as mãos mais pobres

é que mais se abrem

para tudo dar!:/

 

1.O Senhor só deseja

   Que em nós tudo seja

   Constante servir...

   Quando nada se tem,

   Só resta dizer:

   “Senhor, eis-me aqui!”

 

2.Com as mãos bem abertas

   Trazendo as ofertas

   De vinho e de pão,

   Surge o nosso dever

   De tudo fazer

   Com mais doação!

 

3.Alegrias da vida,

   Momentos da lida

   Eu posso ofertar;

   Pois, nas mãos do Senhor,

   Um gesto de amor

   Não se perderá!

_________________________________

Nosso ofertório, hoje, é nossa fome e sede da Justiça... e, em JESUS, a sinceridade do nosso empenho em realizá-la em nossa vida pessoal e, através da nossa militância, no meio em que vivemos... Colocar a vida a serviço do Reino da Justiça, da Irmandade, do Amor no meio de um país dividido pelo preconceito e pelo ódio, pela mentira e pela enganação, eis o nosso ofertório, em comunhão com Jesus.

(1) Abertura: A TI, SENHOR, MEU PEDIDO  Sl 143 + Sl 88, 3           (HIN III B)

 

a ti, senhor, meu pedido:

volta pra mim, volta pra mim,

volta pra mim

senhor, pra mim o teu ouvido!

 

1. Ó Amor, escuta a prece

    Que te faço e o meu pedido!

    Vem, me atende, Deus fiel!

    Eu preciso ser ouvido...

    Se vieres nos julgar,

    Todo mundo está perdido!

 

2. Lembro os dias do passado:

    Os teus feitos que me alentam.

    Eu estendo as minhas mãos,

    A minh’alma está sedenta

    Como terra esturricada,

    Ressequida e poeirenta.

 

3. Vem depressa,  Eterno Amor!

    Vem depressa me escutar!

    Meu espírito está fraco,

    Eu já estou pra desmaiar...

    Não me escondas o teu rosto,

    Para eu não me arrasar.

 

4. Vem, me ensina a fazer sempre,

    Ó Amor, tua vontade!

    Teu Espírito me guie

    A uma terra conquistada.

    Vem, renova a minha vida,

    Das angústias libertada!

 

(12) Salmo de resposta: Sl 16 (HIN III B)

 

guardai-me, ó deus

porque em vós me refugio!

 

1.Ó Senhor, sois minha herança e minha

   taça,

   Meu destino está seguro em vossas mãos!

   Tenho sempre o Eterno ante meus olhos

   Pois, se o tenho a meu lado, não vacilo!

 

2.Eis porque meu coração está em festa,

   Minha alma rejubila de alegria;

   Até meu corpo no repouso está seguro,

   Pois não haveis de me deixar entregue à morte!

 

3.Nem deixareis ver vosso amigo a

   corrupção;

   Vós me ensinais vosso caminho para a

   vida;

   Junto de vós, felicidade sem limites,

   Delícia eterna e alegria ao vosso lado!

 

 (3) Aclamação: ALELUIA! + Mt 24,42.44

                        (HIN III B)           

aleluia! aleluia! aleluia! aleluia!

É preciso ficar vigilante,

Estar sempre de prontidão,

 (5) Comunhão: VEM O DIA

  Mc 13,27 + Sl 62  (HIN III B)

 

vem o dia por nós esperado

do encontro final com jesus...

todos vivos alegres cantando,

louvarão a vitória da cruz!

 

1.Só em Deus acho repouso,

   Dele espero a salvação!

   Ele é força que me salva,

   Força pr’eu não ir ao chão!

   /:Até quando vocês juntos

   Contra um só atacarão?...:/

 

2.Contra um muro que se inclina

   Ou parede a desabar,

   Já tramaram derrubar-me

   E não sabem se calar...

  /: Sua boca diz louvores,

    Coração a condenar...:/

 

3.Povo, espera no Amor,

   Abre a ele o coração!

   Todo ser é só um sopro,

   Toda gente, uma ilusão...

   /:Se botarmos na balança,

   Pesam menos que um balão!:/

 

4.”Só Deus tem poder e glória!”

   Foi assim que eu entendi...

   A bondade só tu tens,

   O amor se encontra em ti,

   /:Dás conforme a gente faz,

   Também, isto eu entendi!:/

____________________________________________________________________

 

Estamos chegando à reta final do Ano Litúrgico... É tempo de dar balanço em nossas vidas, antes de começarmos uma nova etapa... Vem aí o NATAL e o ANO NOVO!... Para além das ilusões do consumismo, teremos um sonho maior, capaz de dar a estes eventos e à nossa própria vida, um sentido maior?... Como nunca, o REINO DE DEUS nos desafia e convoca!

 

 

 

DOWNLOAD DO ARQUIVO →