O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

Vigésimo sexto domingo do Tempo Comum - Ano B - DISCÍPULOS DE JESUS SEM RIVALIDADES

30/09/2018

 

26º Domingo do Tempo do Discipulado e da Missão – B:

Domingo da abertura do coração

 

Marcos 9,38-48

Um dia, perguntaram ao Dalai Lama sobre qual seria, a seu ver, a melhor religião. E ele respondeu com divina clareza: “Aquela que nos faz melhores!”.

Depois de uma semana passada nos mais variados ambientes, testados a todo momento sobre os valores e princípios que orientam nossas vidas, chegamos para o encontro festivo com o Ressuscitado.

Nossas atitudes frente a pessoas e acontecimentos demonstraram, de várias maneiras, em quê ou em quem realmente cremos, e o que efetivamente alimentamos como visão de mundo e sentido da vida.

Nossas convicções e opções não nos dão, porém, o direito de nos considerarmos melhores ou superiores a quem quer que seja, e, muito menos, com direito a vantagens ou privilégios sobre os demais.

Se o nosso coração estiver afinado com o Evangelho de Jesus, nossa postura será sempre de grande abertura, para reconhecermos o bem e a beleza que se manifestam nos demais, e bendizermos ao Deus de todos os dons.

Estaremos atentos, sim, a não contrariarmos nem escandalizarmos, sobretudo aos mais humildes, e seremos radicais ao cortar pela raiz qualquer pretensão de superioridade ou de exclusividade que desponte em nós.

Nosso canto, então, ao celebrarmos o Deus da vida, terá a altitude e amplitude do voo das águias. 

 

Já ouvimos da boca de alguém, em alguma ocasião, a palavra “fundamentalismo”... É aquela “certeza” doentia sobre os “fundamentos” de nossas crenças, religiosas ou políticas, que nos leva a olhar para os que pensam de modo diferente, com desprezo e rejeição... Quantas oportunidades nós perdemos de aprender com os demais, de nos enriquecer mutuamente com nossas experiências, de somar esforços em busca do Bem Comum e do Bem Viver!... É possível que esse fanatismo inspire o voto muito eleitor  e eleitora no próximo dia 07 de outubro. Como cidadãos cristãos, como cidadãs cristãs, responsáveis por nosso país, conscientes da importância de cada pessoa, priorizando os mais precisados, comprometidos com a Classe Trabalhadora, precisamos, ao mesmo tempo, discernir, entre os candidatos, quem mais e melhor se aproxima dos valores do Evangelho... mas também, cortar pelo pé qualquer interesse egoísta, toda e qualquer busca individualista de vantagem, toda e qualquer posição preconceituosa e exclusivista. Coragem!

 

 

   amém! aleluia!

   do filho a vitória,

   cantemos a glória, pra sempre. Amém!

 

3.Do Espírito Santo

   Se cante o louvor,

   Divino Amor que nos une. Amém!

   amém! aleluia!

   do pai e do verbo

   o amor se celebre, pra sempre. amém!

 

(4) Salmo de resposta: Salmo 19

(Hin III B, p.202)

a lei do senhor deus é perfeita,

alegria ao coração!

 

1.A Lei do Eterno Deus é perfeita,

   Conforto para a alma...

   O testamento do Eterno é fiel,

   Sabedoria dos humildes!

 

2.É puro o temor do Eterno,

   Imutável para sempre...

   Os julgamentos do Eterno são corretos

   E justos, igualmente!

 

3.Vosso servo instruído por eles

   Se empenha em, guardá-los...

   Mas quem pode perceber suas faltas?

   Perdoai as que eu não vejo!

 

4.Preservai o vosso servo do orgulho:

   Não domine sobre mim!

   E, assim, puro, eu serei preservado

   Dos delitos mais perversos!

  

 (5) Aclamação: ALELUIA!   (HIN III B, p. 203)

 

aleluia! aleluia! aleluia! aleluia! (bis)

Eu te louvo, ó Pai santo,

Rei do céu, Senhor da terra,

aleluia! aleluia! aleluia! aleluia!

Os mistérios do teu Reino,

Aos pequenos, Pai, revelas!

aleluia! aleluia! aleluia! aleluia!

 

(6) Ofertório: RECEBESTES DE GRAÇA

(HIN III B, p.204)

 

recebestes de graça,

de graça dai, também, vós!

 

1.Ide, anunciai, onde andardes,

   Que o Reino de Deus chegou!

 

2.Ide, curai os doentes,

   Aos mortos ressuscitai!

 

3.Dai saúde aos leprosos,

   A todos livrai do mal!

 

 

 

 

 

(1) Abertura: EU SOU A SALVAÇÃO - Sl 125            

                                          (HIN III B, p. 201)

eu sou a salvação

do povo meu, do povo meu,

quem diz é o senhor...

se o povo por mim clama,

seu deus serei e ouvirei

pra sempre o seu clamor!

 

1.Quem confia no Amor

   É qual monte de Sião:

   Não tem medo, não se abala,

   ‘stá bem firme no seu chão!

 

   As montanhas arrodeiam

   A feliz Jerusalém...

   O Amor cerca seu povo

   Para não temer ninguém!

 

2.A mão dura dos malvados

   Não esmague as criaturas

   Para os justos não mancharem

   Suas mãos em aventuras.

 

   Venha a paz para o teu povo

   O teu povo de Israel...

   Venha a paz para o teu povo,

   Pois tu és um Deus fiel!

 

(2) Senhor, piedade!      (HIN IV p.345s: súplica)

       ó cristo, piedade!

       senhor, piedade de nós, senhor!

 

(3) Louvor  (HIN IV p. 345s: louvação)

 

1.Nos céus, glória a Deus,

   Na terra haja paz

   Pros filho e filhas do Pai. Amém!

   amém! aleluia!

   ao pai demos glória,

   senhor da história, pra sempre. amém!

 

2.A Cristo, o Senhor

   Louvor seja dado,

  Cordeiro imolado por nós. Amém!

 

4.Nada leveis no caminho,

   Nem ouro, nem prata!

 

5.Nem mochila de viagem,

   Calçados tirai do pés!

 

6.Sede prudentes e simples,

   Convosco o Pai está!

 

(7) Santo    (HIN IV p. 345s: louvação)

 

Santo é o Senhor! Santo é o Senhor!

Santo é o Senhor, para sempre. Amém!

Os céus e a terra proclamam tua glória,

proclamam tua glória pra sempre. amém!

Bendito o que vem em nome do Amor,

hosana nos céus para sempre. amém!

 

(8) Cordeiro   (HIN IV p.345s: súplica)

 

Cordeiro de Deus, que vences o mundo,

piedade de nós, compaixão, senhor!

Cordeiro de Deus, que vences o mundo,

piedade de nós, compaixão, senhor!

Cordeiro de Deus, que vences o mundo,

oh! dá-nos a paz, tua paz, senhor!

 

(9) Comunhão: É MELHOR... Mc 9,47

                    Sl 113  (HIN III B, p. 205)

 

é melhor, com apenas um olho,

dar entrada no reino de deus

do que ter os dois olhos perfeitos

e do reino da morte ser réu!

 

1.Louvai, ó servos do Amor, louvai

   O nome santo do Amor cantai!

   E do nascer ao pôr do sol louvado,

   Do Amor o nome seja celebrado!

 

2.Por sobre todas as nações, o Amor,

   E sua glória além os céus se achou!

   Sentado no alto, quem se lhe compara,

   Quando se inclina e terra e céus repara...

 

3.Do chão levanta quem ‘stá na miséria,

   E o indigente do monturo eleva

   Para fazer sentar-se o indigente

   Entre os que são do povo os dirigentes!

 

4.Faz a estéril ter a sua casa

   Qual mãe feliz de numerosa raça!

   Louvado seja Deus, Pai Criador,

   Louvado, o Filho e o Confortador! 

________________________________________________________________

“Felizes as pessoas que têm olhos de ver e ouvidos de ouvir!” Porque o pior cego é aquela pessoa que não quer ver, que não enxerga os “sinais dos tempos”. E o pior surdo é aquela pessoa que não quer escutar “o que o Espírito diz às Igrejas”. É o “pecado contra o Espírito Santo”!

 

 

 

DOWNLOAD DO ARQUIVO →