O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

Terceiro domingo do Advento - Ano B

17/12/2017

~~3º Domingo do Advento – B: ALEGRAI-VOS!

Autor: Reginaldo Veloso

João 1,6-8.19-28
“Testemunha”: alguém que dá testemunho a respeito de alguém. Essa é a identidade profunda do “Profeta”, de João Batista, nesta passagem do Evangelho. Importante para ele é que se reconheça e se acolha Aquele de quem ele, o profeta, dá testemunho: JESUS!

E, de acordo com o profeta, Jesus está no meio da gente e não o conhecemos. Quem nos ajudará, hoje, aqui e agora, a identificá-lo?... Quem fará as vezes de João Batista em nosso tempo?...

Graças a Deus, nunca falta quem possa nos ajudar a encontrar o Messias. Há sempre um profeta por perto. O que pode faltar é quem o escute, quem acolha “Aquele que vem em nome do Amor Eterno” e se manifesta através dos “sinais dos tempos”.

Quem poderia imaginar que, de repente, a Igreja pudesse ser agraciada com um papa como Francisco?... O tempo todo, ele nos surpreende com gestos e palavras que, há muito, faziam falta no seio da Igreja e da Humanidade... A cada momento, ele nos chama a atenção para os empobrecidos do mundo e todas as situações de injustiça e desamor, onde Jesus nos espera.

O mais triste, porém, é que, onde ele parece ser menos escutado é justamente dentro da própria Igreja Católica...

Manter-se insensível e indiferente à causa dos empobrecidos e injustiçados... Fazer que não vê o sistema de opressão e exclusão que gera tanta fome e morte em todos os cantos do mundo... Não comprometer-se com a construção de um mundo de justiça e de paz... É assim que se desconhece e se rejeita a Jesus Cristo, hoje e sempre, em qualquer lugar.

Vamos olhar a nosso redor... Não será difícil identificar pessoas, crianças, jovens, idosos, gente que está precisando de algum tipo de socorro... E se a nossa consciência se esclarece, se amplia e se aprofunda, vamos ficar estarrecidos diante do tamanho e do alcance do problema, que não é só de pessoas individuais, mas de todo um povo, de uma nação inteira, como gostava de repetir Dom Helder, “de dois terços da Humanidade!”...

E então, que significado terá para nós este Natal que vem chegando?... Onde vamos encontrar JESUS, que vem vindo a nosso encontro?... Em que gruta, em que estrebaria ele nos espera?... Que presentes ele deseja receber no seu Natal?... De que dependerá a ALEGRIA que ele quer ver acontecer em nossas vidas a partir deste domingo?... Nossos cantos, nesta celebração cantarão verdadeiramente A ALEGRIA DO EVANGELHO?...
*
3º Domingo do Advento – B: ALEGRAI-VOS!

(1) Abertura: ALEGRAI-VOS, IRMÃOS!
Sl 85 + Fl 4,4-5(Hin I p. 19)                                      

ALEGRAI- VOS, IRMÃOS NO SENHOR
SEM CESSAR, EU REPITO, ALEGRAI-VOS
VEJA O MUNDO A VOSSA BONDADE,
PERTO ESTÁ O SENHOR, EM VERDADE!

1. Foste amigo antigamente
Desta terra que amaste,
Deste povo que escolheste,
Sua sorte melhoraste,
Perdoaste seus pecados,
Tua raiva acalmaste.

2. Vem de novo restaurar-nos,
Sempre irado estarás,
Indignado contra nós
E a vida não darás?
Salvação e alegria
Outra vez não nos trarás?...

3. Escutemos suas palavras,
É de paz que vai falar,
Paz ao povo, a seus fiéis,
A quem dele se achegar,
Está perto a salvação
E a glória vai voltar!

4. Eis: Amor, Fidelidade
Vão unidos se abraçar,
Bem assim, Justiça e Paz
Vão beijar-se e se abraçar,
Vai brotar Fidelidade
E Justiça se mostrar!

5. E virão os benefícios
Do Amor a abençoar
E os frutos do Amor
Desta terra vão brotar,
A Justiça diante dele
E a Paz o seguirá!

(2) Hino do Advento: OUVE-SE NA TERRA
(em lugar do Hino de louvor)
OUVE-SE NA TERRA UM GRITO
DO POVO, UM GRANDE CLAMOR:
“SENHOR, ABRE OS CÉUS,
QUE AS NUVENS CHOVAM O SALVADOR!”

1.É o nosso canto de amor e esperança
   Que toda a terra proclama também
   E a nossa voz não se cansa:
   “Vem, Senhor Jesus, vem!”

2.Quando as trevas invadem a terra
   E quando muitos um guia não têm,
   O nosso amor sempre espera:
   “Vem, Senhor Jesus, vem!”

3.Embora muitos rejeitem o apelo
   Que toda luz e verdade contém,
   A Igreja insiste em seu zelo:


E uma semente nova escondida
  em cada palmo deste chão!

3.Sonho que se sonha só
pode ser pura ilusão;
   Sonho que se sonha junto
 é sinal de solução
   Então vamos sonhar, Companheiros/as,
   Sonhar ligeiro, sonhar em mutirão!

(6) Ofertório: A NOSSA OFERTA
(Hin I p. 62)

A NOSSA OFERTA APRESENTAMOS NO ALTAR
E TE PEDIMOS: VEM, SENHOR, NOS LIBERTAR!

1.A chuva molhou a terra,
   O povo plantou o grão
   A planta deu flor e frutos
   Do trigo se fez o pão

2.O povo plantou videiras
   Cercou-as com seu carinho,
   Da vinha brotou a uva,
   Da uva se fez o vinho!

3.Os frutos de nossa terra
   E as lutas dos filhos teus
   Serão, pela tua graça,
   Pão vivo que vem dos céus!

4.Recebe, Pai, nossas vidas
   Unidas ao pão e vinho
   E vem conduzir teu povo,
   Guiando-o no te caminho!

(7) Prefácio do Advento II (Hin. I, Supl., p. 38)

É prazer para nós a Deus louvar,                               
Bendizer-te, ó Pai, é salvação,
Deus eterno em poder, amor e ação,              
Por Jesus, Senhor Nosso, celebrar...                        
Este Cristo que estamos a esperar
Vem a nosso encontro a cada instante.
Nos irmãos, nas irmãs, no semelhante
Ele quer ser agora acolhido.
O primeiro lugar dando ao sofrido,
Na justiça sejamos operantes.

E assim, construindo um Mundo Novo,
mereçamos ser bem-aventurados,
Operários da Paz classificados,
Apressando do Cristo o seu retorno...
Acolhendo, então, em cada rosto
O Senhor que vem vindo a encontrar-nos,
Seu Natal desde agora a prepararmos,
Celebremos com gosto a sua glória,
Sua Paz construindo na História,
Seu louvor com os Anjos a cantarmos: SANTO... 
   “Vem, Senhor Jesus, vem!”

4.Para que o mundo descubra a mensagem
   A Boa Nova da Paz e do Bem,
   Temos a mesma linguagem:
   “Vem, Senhor Jesus, vem!”

(3) Salmo de resposta: Lc 1,46-54
(Hin I p. 42)

A MINH’ALMA ENGRANDECE AO SENHOR,
MEU CORAÇÃO MUITO SE ALEGROU
EM DEUS MEU SALVADOR,
EM DEUS MEU SALVADOR!

1.Minh’alma exalta o Senhor
   E o meu coração, vibrando, se alegra
   Em Deus que é meu salvador,
   O Deus que minh’alma alegre celebra!

2.Ele voltou seu olhar
   Para a pequenez de sua servidora
   E todas as gerações
   Me proclamarão feliz e ditosa!

3.Ele que é todo poder
   Me fez grandes coisas, santo é seu nome!
   Sua bondade se estende
   De pais para filhos sobre os que o temem!

4.Ele agiu com braço forte
   E os cheios de orgulho ele dispersou!
   Botou abaixo os potentes,
   Humildes, pequenos, ele elevou!

5.Ele enricou os famintos
   E os ricos sem nada embora mandou!
   Ele a seu povo acudiu,
De sua promessa aos pais se lembrou!

(4) Aclamação: ALELUIA!     (Hin I p.46)

/:ALELUIA! ALELUIÁ!:/
/:O ESPÍRITO CONSAGROU-ME::/
/:E MANDOU-ME ANUNCIAR:/
/:BOA NOVA PARA OS POBRES!”:/
/:ALELUIA! ALELUIÁ!:/

(5) Pós-homilia: EU QUERO VER(Hin I p. 72)

EU QUERO VER, EU QUERO VER ACONTECER
UM SONHO BOM, SONHO DE MUITOS, ACONTECER!

1.Nascendo da noite escura
a manhã futura   trazendo amor;
   No vento da madrugada,
 a paz tão sonhada brotando em flor;
   Nos braços da Estrela Guia,
 a alegria chegando da dor!

2.Um sorriso em cada rosto,
uma flor em cada mão;
   A certeza na estrada,
o amor no coração
(8) Comunhão: DIZEI, GRITAI! – Is 35
(mel.: “Jerusalém, Povo de Deus” Hin I p. 34)

DIZEI, GRITAI AOS CORAÇÕES DESANIMADOS:
“NÃO TENHAM MEDO! CRIEM CORAGEM, QUE
 DEUS JÁ VEM!
DEUS DE VOCÊS, ELE VEM VINDO PARA JULGAR,
DIVINO PRÊMIO CONSIGO TRAZ, VEM LIBERTAR!”

1.Alegre-se o sertão,
- DANCE FLORINDO O CHÃO!
Deus lhe deu só beleza,
- PRIMOR DA NATUREZA!
Do Deus-Amor vão ver
- A GLÓRIA E O PODER!

2.Força aos cansados braços,
- E AOS JOELHOS FRACOS!
Dizei ao povo aflito:
- “CORAGEM!” EIS O GRITO!
Deus mesmo vem julgar
- E VEM PRA LIBERTAR!

3.Cegos vão enxergar
- E SURDOS, ESCUTAR!
Os coxos vão pular
E OS MUDOS VÃO CANTAR!
No sertão vai chover,
- OS RIOS A CORRER!

4.Terra molhada, então,
- AS ÁGUAS MINARÃO!
Ao urubus se mandam
- LAVOURAS JÁ SE PLANTAM!
Estrada vai se abrindo,
- “SANTO”, DIRÃO, “CAMINHO”!

5.Corrupto aqui não passa,
- POR ESSA RETA ESTRADA!
Simples não se atrapalham,
- NEM FERAS AMEAÇAM!
Pelo Amor libertados
- POR AÍ PASSAM SALVOS!

6.E vão chegar cantando,
- ALEGRES CELEBRANDO!
Chegando à Cidade,
- TERÃO FELICIDADE!
E vai ser só prazer,
- FINDOU-SE O SEU SOFRER!
_________________________________________________________________________________________

¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬12/12/1934: Há 83 anos, em Moreno PE, nascia Pe. Geraldo Leite, primeiro pastor da Comunidade de N. S. do Bom Conselho, na Ponte dos Carvalhos (1962), e primeiro pastor da Paróquia da Imaculada Conceição, no Morro da Conceição (8/12/1975). Demos graças ao Senhor pela memória abençoada do SERVIDOR DA NAÇÃO DO DIVINO, que tão bem soube servir aos mais precisados, ao povo afrodescendente, às comunidades de base, com toda a generosidade do seu coração de pastor, com toda a riqueza do seu gênio artístico. VIVA PADRE GERALDO!

 

DOWNLOAD DO ARQUIVO →