O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

Segundo Domingo o Advento - Ano B - PREPAREM-SE CADA DIA!

10/12/2017


2º Domingo do Advento – B: PREPARAI

Marcos 1,1-8

O cenário que se desenha diante dos olhos da Comunidade Cristã neste 2º Domingo do Advento é de “deserto”. E deserto é lugar onde a vida é escassa ou simplesmente não existe. Deserto é lugar de silêncio e solidão. De repente, o deserto está dentro de nós e à nossa volta. Mas dos desafios do deserto são, também, oportunidade de crescimento e superação... É no deserto que Deus educa seu povo para a liberdade e o conduz para a Terra Prometida.

É no deserto onde a Boa Notícia, que vem de Deus, por boca de seus profetas, ecoa, hoje, como no tempo de João Batista... E essa Boa Notícia vem ao encontro de nossos anseios, de nossa “fome e sede de justiça”, de nossos sonhos de renovação, pessoal e social. O “Filho de Deus” vem a nosso encontro, mas para que Ele chegue até nós precisa “preparar o caminho”. São os caminhos da Justiça e da Paz que precisa preparar. E como dizia um profeta do nosso tempo, o Betinho (H. de Souza): NÃO HÁ BOA SOLUÇÃO QUE NÃO COMECE POR MIM. Conversão, eis a questão! Pela mudança que consigo realizar em mim, começa a mudança que eu quero ver acontecer no mundo.

E o NATAL que se aproxima será realmente de luz, se for o raiar de um novo tempo: em nossos lares, pela harmonia e ternura renovadas em nossas relações; em nossa rua ou condomínio, pelos cuidados, atenções e solidariedade renovados entre vizinhos e vizinhas; em nosso trabalho, pela camaradagem e espírito de militância renovados entre companheiros e companheiras; onde quer que estejamos, pelo consciência ética e pelo espírito de cidadania e generosidade renovados, em busca de uma cidade diferente, de um país diferente, de um outro mundo, possível e urgente.

Onde estivemos neste passado 05 de dezembro?... O grito de todos e todas que falaram nas mobilizações de que participamos por conta da GREVE GERAL estão repercutindo em nós?... E as novas frentes de luta dos Movimentos Populares que já se desenham para 2018 nos encontrarão de pé, de mangas arregaçadas?... É preciso que preparemos os caminhos do Libertador e da Libertação... Esse é o sentido maior da preparação do NATAL: abrir espaços para a VINDA de DEUS em nossa História, o Deus da justiça, o Deus da PAZ! Cada um, cada uma, cada grupo, cada Movimento, cada Igreja precisa fazer sua parte.

2º Domingo do Advento – B: PREPARAI

(1) Abertura: O SENHOR VEM SALVAR
Is 30,19.29.30 + Sl 80(Música: Hin I p.16)

EIS QUE DE LONGE VEM O SENHOR
PARA AS NAÇÕES DO MUNDO JULGAR
E OS CORAÇÕES ALEGRES ‘STARÃO
COMO NUMA NOITE EM FESTA A CANTAR!

1.Bom Pastor, ouve, escuta,
   Qual rebanho tu nos guias...
   Sobre os anjos assentado,
   Teus amados alumia;
   Teu poder desperta e vem,
   Vem, nos vale e auxilia!

2.És um Deus tão poderoso!
   Vem, ó Deus, nos restaurar;
   Tua face sobre nós
   Venha nos iluminar,
   E assim seremos salvos,
Vem, ó Deus, nos libertar!

3.Até quando estarás
   Indignado contra a gente?...
   Até quando o pão da dor
   Comerá amargamente
Este povo que tornaste
   Dos vizinhos o joguete?...

4.És um Deus tão poderoso,
   Lá do céu volta o olhar
   Para a vinha que plantaste
   Com tua mão a cultivar,
   Vem, protege esta cepa,
   Dos seus ramos vem cuidar!

5.Que jamais nos separemos
   De ti, vida a nos doar!
   E teu nome invocaremos,
   Tua face a iluminar
   És um Deus tão poderoso!
   Vem, ó Deus, nos restaurar!

(2) Hino do Advento: VEM, SENHOR!
      (em lugar do “Glória” - Hin I, supl. p. 36)

1.Senhor, vem salvar teu povo
   Das trevas da escravidão,
   Só tu és nossa esperança,
   És nossa libertação

VEM, SENHOR, VEM NOS SALVAR,
COM TEU POVO VEM CAMINHAR!

2.Contigo o deserto é fértil,
   A terra se abre em flor,
   Da rocha brota água viva,
   Da treva nasce esplendor!

3.Tu marchas à nossa frente,
   És força, caminho e luz...
   Vem logo salvar teu povo,
   Não tardes, Senhor Jesus!

2.Não temas arriscar-te,
Porque contigo eu estarei!
Não temas anunciar-me,
Em tua boca eu falarei!
Entrego-te meu povo,
Vai arrancar e derrubar,
Para edifica
Destruirás e plantarás!

3.Deixa a teus irmãos,
Deixa a teu pai e tua mãe,
Deixa a tua casa,
Porque a terra sofrendo está...
Nada tragas contigo,
Pois a teu lado eu estarei!
É hora de lutar,
Porque meu povo sofrendo está!

(6) Ofertório: Olhando ao longe (R.V. inédito)

1. Olhando ao longe, eu vejo chegando
de Deus o poder,
Qual nuvem cobrindo a terra inteira eu vejo chegar!

SAÍ-LHE AO ENCONTRO, CANTAI SUPLICANDO: “VEM TU NOS DIZER: ÉS MESMO AQUELE, AQUELE QUE VEM PRA NOS GOVERNAR?...”

2. Ó gentes da terra, mulheres e homens, crianças e idosos,
Vós ricos e pobres, juntai-vos as mãos, ouvi meu cantar!

3. Ó Rei deste Povo, escuta o seu grito,
és nosso pastor!
Acima dos anjos, se ergue o teu trono
a nos amparar!

(7) Comunhão: OUÇO UMA VOZ
(Hin I p.34)

OUÇO UMA VOZ LÁ NO DESERTO A GRITAR:
“UMA ESTRADA PREPARAI PARA O AMOR,
ENDIREITAI OS SEUS CAMINHOS, POIS ELE VEM
E LOGO MAIS AVISTAREIS O SALVADOR!”

1.Louva Jerusalém,
   LOUVA AO ETERNO BEM!
   Tuas portas reforçou
E OS TEUS ABENÇOOU!
   Te cumulou de paz
E O TRIGO EM FLOR TE TRAZ!

2.Sua Palavra envia,
 VELOZ SUA VOZ SE AVIA;
   Qual lã a neve espalha,
QUAL CINZA, A GEADA;
   Os gelos se dissolvem
E, AO VENTO, AS ÁGUAS CORREM!

 
(3) Salmo de resposta: Salmo 85 (Hin I p.19)

Ó Divino Amor, vem mostrar-nos
Que da gente tu tens compaixão!
Vem a todos, Amor, libertar-nos,
Vem a todas nos dar salvação!

3. Escutemos suas palavras,
É de paz que vai falar,
Paz ao povo, a seus fiéis,
A quem dele se achegar,
Está perto a salvação
E a glória vai voltar!

4. Eis: Amor, Fidelidade
Vão unidos se abraçar,
Bem assim, Justiça e Paz
Vão beijar-se e se abraçar,
Vai brotar Fidelidade
E Justiça se mostrar!

5. E virão os benefícios
Do Amor a abençoar
E os frutos do amor
Desta terra vão brotar,
A Justiça diante dele
E a Paz o seguirá!

(4) Aclamação: ALELUIA!      (Hin I p.46)
/:ALELUIA! ALELUIÁ!:/
/:VOZ QUE CLAMA NO DESERTO::/
/:“PREPARAI-LHE UM CAMINHO,:/
/:UMA ESTRADA AO SENHOR!”:/
/:ALELUIA! ALELUIÁ!:/
/:TODO VALE, ATERRADO!:/
/:TODO MONTE, NIVELADO!:/
/:E VEREIS O SALVADOR!:/
/:ALELUIA! ALELUIÁ”:/

(5) Pós-homilia: O PROFETA
(Ao iniciar o canto, acende-se a 2ª vela da Coroa)

1.Antes que te formasse
Dentro do seio de tua mãe,
Antes que tu nascesses,
Te conhecia e te consagrei...
Para ser meu profeta
Entre as nações eu te escolhi...
Irás onde enviar-te
E oque te mando proclamarás!

TENHO QUE GRITAR, TENHO QUE ARRISCAR,
AI DE MIM SE NÃO O FAÇO!
COMO ESCAPAR DE TI, COMO CALAR,
SE TUA VOZ ARDE EM MEU PEITO?!
TENHO QUE ANDAR, TENHO QUE LUTAR,
AI DE MIM SE NÃO O FAÇO!
COMO ESCAPAR DE TI, COMO CALAR,
SE TUA VOZ ARDE EM MEU PEITO?!


3.Ao Povo revelou,
   PALAVRAS DE AMOR!
  A sua Lei nos deu
E O MANDAMENTO SEU!
  Com ninguém fez assim,
AMOU ATÉ O FIM!

4.Ao Pai do Céu louvemos
E AO QUE VEM CANTEMOS
   E ao Divino, então,
A NOSSA LOUVAÇÃO!
   Aos TRÊS que são um Deus
EXALTE O POVO SEU!
_____________________________________

Para quem deseja um Natal de alegria, Papa Francisco deseja: A ALEGRIA DO EVANGELHO:

1. A ALEGRIA DO EVANGELHO enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus. Quantos se deixam salvar por Ele são libertados do pecado, da tristeza, do vazio interior, do isolamento. Com Jesus Cristo, renasce sem cessar a alegria. Quero, com esta Exortação, dirigir-me aos fiéis cristãos a fim de os convidar para uma nova etapa evangelizadora marcada por esta alegria e indicar caminhos para o percurso
da Igreja nos próximos anos.

2. O grande risco do mundo atual, com sua múltipla e avassaladora oferta de consumo, é uma tristeza individualista que brota do coração comodista e mesquinho, da busca desordenada de prazeres superficiais, da consciência isolada. Quando a vida interior se fecha nos próprios interesses, deixa de haver espaço para os outros, já não entram os pobres, já não se ouve a voz de Deus, já não se goza da doce alegria do seu amor, nem fervilha o entusiasmo de fazer o bem. Este é um risco, certo e permanente, que correm também os crentes. Muitos caem nele, transformando-se em pessoas ressentidas, queixosas, sem vida. Esta não é a escolha duma vida digna e plena, este não é o desígnio que Deus tem para nós, esta não é a vida no Espírito que jorra do coração de Cristo ressuscitado.

3. Convido todo o cristão, em qualquer lugar e situação que se encontre, a renovar hoje mesmo o seu encontro pessoal com Jesus Cristo ou, pelo menos, a tomar a decisão de se deixar encontrar por Ele, de O procurar dia a dia sem cessar. Não há motivo para alguém poder pensar que este convite não lhe diz respeito, já que «da alegria trazida pelo Senhor ninguém é excluído». 

Reginaldo Veloso

 

DOWNLOAD DO ARQUIVO →