O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA MÃE DO SENHOR

08/12/2017

SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA MÃE DO SENHOR

Lc 1,26-38
“Por ser à imagem de Deus, o indivíduo humano tem a dignidade de pessoa: ele não é apenas alguma coisa, mas alguém. É capaz de conhecer-se, de possuir-se e de doar-se livremente e entrar em comunhão com outras pessoas, e é chamado, por graça, a uma aliança com seu Criador, a oferecer-lhe uma resposta de fé e de amor, que ninguém mais pode dar em seu lugar” (Catec. da I.C. 357).
Se essa é a nossa fé sobre toda e qualquer pessoa humana, o que pensar daquela que Deus escolheu para ser a Mãe do seu Filho?... Crer que Maria foi “concebida sem pecado”, é acreditar que Maria, mesmo nascendo num mundo corrompido pelo mal, ela foi sem mancha, “irrepreensível”, desde o momento da sua concepção. Isto é, a novidade da graça redentora que Jesus nos alcançou, dando a vida por nós, começou aí.  Começou com Maria o Mundo Novo, onde reina a bondade e o bem, a justiça e o amor: o Reino de Deus!
Olhando para ela, espelhando-nos nela, cada um, cada uma de nós, é chamado, é chamada, a assumir sua dignidade cristã e contribuir para a transformação de toda a sociedade.
“Seja você a mudança que quer ver no mundo “, disse um grande profeta da Humanidade, Mahatma Ghandi.
E os apelos que repetidas vezes o Papa Francisco vem fazendo à conversão, à volta à originalidade do Evangelho, a sairmos de nossa zona de conforto, do nosso comodismo, para assumirmos hoje o compromisso de Jesus com um mundo justo e fraterno, onde ninguém viva à margem dos direitos fundamentais da pessoa humana, onde todos e todas possamos viver com dignidade, tem tudo a ver o mistério da “Imaculada Conceição”.
É tempo de ADVENTO: não custa nada sonhar, esperar e comprometer-se...
Só assim poderemos celebrar no Natal a “alegria do Evangelho”!


Cantai ao Amor Eterno um canto novo,
porque ele fez prodígios!
Sua mão e seu braço forte e santo
alcançaram-lhe a vitória.

O Amor Eterno revelou a salvação,
e às nações, sua justiça;
recordou o seu amor sempre fiel
pelacasa de Israel.

Os confins do universo contemplaram
a salvação do nosso Deus.
Aclamai o Eterno Amor, ó terra inteira,
alegrai-vos e exultai!

(3) Aclamação: ALELUIA! DEUS TE SALVE

Aleluia! Aleluia! -- ALELUIA! ALELUIA!
Aleluia! Aleluia! -- ALELUIA! ALELUIA!
Aleluia! Aleluia! -- ALELUIA! ALELUIA!

Deus te salve, ó Maria,
Pois de graça cheia és,
/:O Senhor está contigo,
És bendita entre as mulheres!:/

(4) Ofertório: AVE MARIA + Sl 5,4-5

“AVE MARIA, CHEIA DE GRAÇA!”(bis)
SAUDOU O ANJO À VIRGEM SANTA.(bis)

- A vós, Eterno Amor, suplico,
  Já de manhã vós me dais ouvido.

BENDITA ÉS TU ENTRE AS MULHERES!(bis)
ASSIM SAUDOU-A SANTA IZABEL. (bis)

- Desde a manhã pra vós me preparo,
  E permaneço no teu aguardo.

“AVE MARIA, CHEIA DE GRAÇA!”(bis)
SAUDOU O ANJO À VIRGEM SANTA.(bis)

(5) Comunhão: CÂNTICO DE MARIA
        (mel.: “A minh’alma engrandece o Senhor)
COISAS TÃO GLORIOSAS DE TI
ESTÃO DIZENDO, Ó MARIA,
EM TI FEZ O ETERNO AMOR, 
EM TI O ETERNO AMOR!

1.Minh’alma exalta o Senhor
   E o meu coração, vibrando, se alegra
   Em Deus que é meu salvador,
   O Deus que minh’alma alegre celebra!

2.Ele voltou seu olhar
   Para a pequenez de sua servidora
   E todas as gerações
   Me proclamarão feliz e ditosa!

3.Ele que é todo poder
   Me fez grandes coisas, santo é seu nome!
   Sua bondade se estende
   De pais para filhos sobre os que o temem! 
(1) Abertura:DE ALEGRIA - Is 61,10+Sl 30

DE ALEGRIA VIBREI NO SENHOR
POIS VESTIU-ME COM SUA JUSTIÇA
/:ADORNOU-ME COM JÓIAS BONITAS,
COMO ESPOSA DO REI ME ELEVOU!:/

1.Amor,(mel.: Sl 45 + Sl 30 – cf ODC Part 1)
Grandes coisas direi eu de ti,
Porque
Me curaste e não permitiste
Que os maus
Rissem fazendo pouco de mim!

2.Amor,
Eu por ti clamei e me curaste...
Minha vida
Do lugar onde os mortos residem
Só tu
Me tiraste e da tumba livraste!

3.Fiéis,
Cantai hinos ao Eterno Amor
Seu nome,
Santo nome, a ele o louvor
Sua raiva
É um momento e logo acabou...

4.Bondade,
Sua bondade uma vida a durar!
É noite
E meus olhos ainda a chorar...
Raiou
A manhã, alegria a voltar!

5.Bem próspero,
Eu dizia “Jamais tremerei!”
Favor,
De uma rocha me deste o poder...
Teu rosto
Escondeste e eu me apavorei!

6.“Piedade!”
Ao Amor eu estou a implorar...
Vantagem
Na minha morte acaso terás?...
O pó
Que és fiel, por acaso, dirá?...

7.Escuta,
Tem piedade! Minha força vem ser!
Minha dor
E meu luto mudaste em prazer!
Amor,
Sem cessar teu louvor vou dizer!

(2) Salmo de resposta: Sl 98,1-4
       (mel.: “Cantai o Senhor um canto novo, aleluia!”)
Ó DEUS, TEMOS TODOS CONTEMPLADO, ALELUIA!
DO VOSSO AMOR MARAVILHAS, ALELUIA!

4.Ele agiu com braço forte
   E os cheios de orgulho ele dispersou!
   Botou abaixo os potentes,
   Humildes, pequenos, ele elevou!

5.Ele enricou os famintos
   E os ricos sem nada embora mandou!
   Ele a seu povo acudiu,
   De sua promessa aos pais se lembrou!

6.Ele aliou-se a Abraão
   E a seus descendentes, sem fim, também!
   Glória ao Pai por seu Filho
   No Espírito Santo, pra sempre. Amém!
------------------------------------------------------------ 

ADRIANUS MARTINUS JANSSEN
*Nootdorp, Holanda, 23.03.1933
 + Recife, 2.12.2016

Celebrar a memória de ADRIANO, a sua “páscoa”, em plena Novena da Imaculada Conceição, não é uma mera coincidência, é um “sinal”!

Que pena que muita gente seja devota da Imaculada Conceição, mas não entenda que MARIA, Mãe de Jesus, desde o primeiro momento da sua existência, concebida sem a mancha da maldade do mundo, é para nós um sinal privilegiado dessa Nova Humanidade, pela qual a gente deveria se empenhar e lutar!

Como Assistente Regional da Juventude Operária Católica (JOC), como Sindicalista, como Assessor do Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua, quem mais e melhor que ADRIANO se empenhou na luta por um MUNDO NOVO:
- onde as pessoas superem todas as marcas da marginalização e da miséria,
- deem a volta por cima de todas as consequências da opressão e da exclusão,
- um mundo limpo de toda corrupção e sujeira,
- onde todo mundo viva com dignidade, e “não tenha a vergonha de ser feliz”? ...

Celebrar sua memória, a lembrança da sua passagem, justamente, na novena da Imaculada Conceição, é recolher como herança preciosa seu testemunho, e comprometer-se a dar continuidade a essa história que começou com MARIA, Mãe de JESUS, e precisa continuar através de cada um, de cada uma de nós.

Como é atual o Mistério da Imaculada, o testemunho de Adriano e a nossa militância nesse Brasil da segunda década do século 21, um país mergulhado num mar de corrupção, com seu povo obcecado por um nuvem de mentiras!

Reginaldo Veloso

 

DOWNLOAD DO ARQUIVO →