O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE, A MELHOR COMUNIDADE

29/05/2021

Domingo da Santíssima Trindade

A MELHOR COMUNIDADE

 

 

  1. Aprofundando os textos bíblicos:

 

João 16,12-15; Provérbios 8,22-31; Salmo 8; Romanos 5,1-5:

A partir da liturgia deste domingo podemos entrar mais profundamente na riqueza da realidade divina presente em Jesus de Nazaré. O dom do Espírito leva quem segue Jesus à plena compreensão da verdade, que se manifesta integralmente no Filho encarnado. Como o Cristo se refere sem cessar ao Pai que o enviou, assim o Espírito remete ao Filho.

A primeira leitura é um texto poético, profundamente criativo, dedicado à sabedoria de Deus e que nos convida à esperança, porque, desde o princípio, tudo está nas mãos de Deus. Tudo foi criado por amor gratuito como se fosse uma alegre brincadeira de Deus.

O texto de João vem dos discursos de despedida de Jesus. Um de seus temas é a promessa do Espírito Santo, sopro de Deus que orienta a existência cristã e dá continuidade à missão do Senhor. Jesus nos anunciou o Reino e o amor do Pai, a sua mensagem é vida e ultrapassa os esquemas humanos.

 

  1. Atualizando: A liturgia deste domingo nos aponta para Deus que abre seu íntimo para nós, no seu Filho Jesus e no Espírito que nos anima. Encontramos Deus como pessoas que se relacionam, tendo cada uma sua atuação e sua própria missão: o Pai que nos ama e nos chama à vida; o Filho Jesus que fala do Pai e nos mostra como Ele é; e o Espírito Santo, a Divina Ruah que fica sempre conosco, nos animando e atualizando em nós a memória da vida e palavras de Jesus. Temos sido comunidade como a Santíssima Trindade, na unidade perfeita e na diversidade de ministérios e dons?

 

  1. A palavra de Deus na celebração: Entramos na comunhão da Trindade que se dá a conhecer e amorosamente nos oferece participar como filhos/as de sua intimidade. Somos confirmados/as em nossa vocação de vida em comunhão entre nós e com a comunidade divina. Damos graças ao Pai, por Cristo, na Divina Ruah / Sopro divino pelas maravilhas da criação e principalmente, por seu plano de salvação que continuamente nos reúne e age em nossa vida.

 

Maria do Carmo de Oliveira e M.Lourdes Zavarez

 

DOWNLOAD DO ARQUIVO →