O mistério na vida... Circulando, fluindo... nos elementos, nas estações. Palavra que brota, agir que floresce... A luz pascal que incendeia a festa da existência. A soma dos "ires-e-vires", de homens e mulheres que celebram, se encantam, e se enredam, no cuidado com o mundo, na busca do Reino.

DESTAQUES SEMANAIS

VIGÉSIMO SEGUNDO DOMINGO / DOMINGO DO “VAI PARA TRÁS, SATANÁS!”

30/08/2020

22º Domingo do Tempo do discipulado e da Missão - A:

DOMINGO DO “VAI PARA TRÁS, SATANÁS!”

 

Mt 16,21-27

Quem diria que alguém, que fizera tão firme e bela profissão de fé, haveria de demonstrar tanta ignorância a respeito do seu Mestre e dos planos de Deus!

 A fé de Simão, mesmo inspirada pelo Pai de Jesus, ainda estava misturada com os temperos culturais do triunfalismo de sua gente, que só conseguia imaginar um Messias glorioso, descendo do céu!

Em vez disso, Jesus se apresenta muito mais como o “servo solidário” anunciado por Isaías, que irá realizar a redenção do seu povo e de todo a humanidade, colocando-se a serviço dos mais precisados e marginalizados, e morrendo como vítima dos abastados e poderosos.

E o mais sério é que, quem quiser segui-lo, tem que ir pelo mesmo caminho, “tomar a cruz” da fidelidade ao Pai, do compromisso com a justiça e com os injustiçados da terra... Tem sido essa, a nossa experiência de vida? Assim passamos a semana?... Que temos para celebrar e cantar?...

Três anos atrás, na proximidade do Dia da Pátria, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil nos convidava a fazer um dia de jejum e oração pelo nosso país. E nós nos lembrávamos daquela passagem do Evan-gelho, onde os discípulos perguntam a Jesus por que não foram capazes de expul-sar certos demônios, e ele responde: “Essa espécie de demônio não pode sair a não ser pela oração e pelo jejum” (Mt 17,21). E não é difícil identificar os demônios que inferni-zam hoje a vida do povo brasileiro... Impor-tante é atender à convocação da Pastorais Sociais, das CEBs, dos Movimentos Popu-lares e do Movimento Sindical: 26º. GRITO DOS EXCLUÍDOS e EXCLUÍDAS! Dia 7/9, 9h. Parque 13 de Maio, caminhada até o Pá-tio do Carmo: VIDA EM PRIMEIRO LUGAR! <<BASTA DE MISÉRIA, PRECONCEITO E REPRESSÃO! QUEREMOS TRABALHO, TERRA, TETO E PARTICIPAÇÃO!>>. E esse será nosso jejum e nossa oração! E nosso jeito de tomar a Cruz e seguir a JESUS!

 

(3) Aclamação: ALELUIA! +

   (HIN III A, p.196)

aleluia! aleluia! aleluia!

aleluia! aleluia! aleluia!

 

Que o Pai de Jesus, Nosso Senhor,

Do saber nos conceda o seu Espírito,

E, assim, conheçamos a esperança

Para a qual nos chamou desde o princípio!

 

(4) Ofertório: Neste pão e neste vinho

(HIN III A, p. 294)

neste pão e neste vinho,

o suor de nossas mãos,

o trabalho e a justiça

para todos os irmãos!

 

1. Ofertamos, ó Senhor, os sofrimentos

   Dos pequenos e dos pobres, teus amados,

   Dos que lutam à procura de trabalho,

   Das crianças e anciãos abandonados.

 

2. Ofertamos a firmeza e a coragem

   Dos que lutam, em favor dos oprimidos,

   Dos famintos e sedentos de justiça

   E que são por tua causa perseguidos!

 

3. Ofertamos, ó Senhor, toda a certeza

   Na vitória do amor sobre o pecado...

   Tua luz há de brilhar, vencendo a treva,

   Sobre o mundo convertido e renovado!

 

(5) Comunhão: Sl 103 + Mt 16,27

            (Dom. HIN III A, p.198)

na glória do pai eterno,

o filho do homem virá,

na companhia dos anjos seus

e a cada um vai pagar,

/:por quanto fez nesta vida, então,

igual retribuirá!:/

 

1.Bendiz, minh’alma, o Senhor,

Seu nome seja louvado!

Minh’alma louve o Senhor,

Por tudo que me tem dado!

/:Me cura as enfermidades

E me perdoa os pecados!:/

 

2.Me tira da triste morte,

Me dá carinho e amor...

Com sua misericórdia

Do abismo ele me tirou,

E, como se eu fosse águia,

Vem renovar meu vigor!

 

3.Consegue fazer justiça

A todos os oprimidos...

Guiou Moisés no deserto,

A Israel escolhido...

Tem pena, tem compaixão

E não se sente ofendido!

(1) Abertura: DEUS NOSSO PAI

                           (HIN III A, p. 194)

deus, nosso pai protetor,

dá-nos, hoje, um sinal de tua graça!

por teu ungido, ó senhor,

estejamos pra sempre em tua casa!

 

1.Ó Senhor põe teu ouvido

  Bem aqui pra me escutar,

  Infeliz eu sou e pobre

  Vem depressa me ajudar!

  Teu amigo eu sou, tu sabes,

  Só em ti vou confiar!

 

2.Compaixão de mim, Senhor,

  Eu te chamo, noite e dia...

  Vem me dar força e coragem

  E aumentar minha alegria;

  Eu te faço minha prece,

  Pois minh’alma em ti confia.

 

3.Tu és bom e compassivo

  E a quem pede dás perdão

  Dá ouvido a meus pedidos:

  Meu lamento é oração...

  Na hora amarga eu te procuro,

  Sei que não te chamo em vão!

 

4.Não existe nenhum deus

  Para contigo se igualar,

  Nem no mundo existe nada

  Que se possa comparar

  Às belezas que na terra

  Teu amor soube criar!

 

(2) Salmo de resposta  (HIN III A, p.195)

 

a minh’alma tem sede de vós,

como terra sedenta, ó meu deus!

 

1.Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!

Desde a aurora ansioso vos busco!

- A minh’alma tem sede de vós,

  Como a terra sedenta e sem água!

Venho, assim, contemplar-vos no tempo,

Para ver vossa glória e poder!

 

2.Vosso amor vale mais do que a vida

E por isso meus lábios vos louvam.

- quero, assim, vos louvar pela vida

  E elevar para vós minhas mãos!

A minh’alma será saciada

Como em grande banquete de festa!

 

3.Cantará a alegria em meus lábios,

Ao cantar para vós meu louvor!

- Para mim fostes sempre um socorro;

  De vossas asas à sombra eu exulto!

Minha alma se agarra em vós;

Com poder vossa mão me sustenta!

*

4.Não fica guardando mágoa

E é lento pra castigar...

É sempre cheio de amor

E gosta de perdoar...

Não usa de nossos erros

Pra vir de nós se vingar!

 

5.Distância da terra ao céu,

Medida do seu amor!

Distância poente ao nascente,

As nossas culpas vai pôr...

Qual pai que tem dó dos filhos,

De nós tem pena o Senhor!

 

6.Conhece nossa fraqueza,

Que somos como poeira...

A nossa vida é uma planta,

Um pobre erva rasteira...

O vento vem e a desfolha,

Já não se sabe onde era!

 

7.O amor de Deus aos que o temem

Se mostra em cada momento...

Também a sua justiça

Protege eternamente

A quem se apega à Aliança

E cumpre seus Mandamentos!

 

8.Firmou no céu o seu trono

E ao mundo vai dominar...

Seus anjos cantam sua glória

E fazem o que ele mandar...

Que a terra e todos os seres

Comigo venham louvar!

 

* * * * *

27 de agosto,

DIA DA PROFECIA!

Feliz e significativa coincidência: no mesmo dia 27 de agosto, fizeram sua “Páscoa” e foram para Deus os profetas Dom Helder Camara (1999), Dom Luciano Mendes de Almeida (2006) e Dom José Maria Pìres (2017). É só uma coincidência?... Ou sinal de Deus?...

Três santos Bispos, três grandes Profetas, roguem nós, roguem

- pelo nosso país esfacelado por tão graves crises... precisando reencontrar-se com seu destino de grande nação... precisando retomar os caminhos da igualdade, da justiça social, da PAZ;

- por nossa Igreja, em grande parte, ausente e distante dos sofrimentos do povo... precisando retomar os caminhos de Medellín e Puebla, a opção evangélica pelos oprimidos/as e excluídos/as... precisando fortalecer os Movimentos de Evangelização Libertadora, as Comunidades Eclesiais de Base, as Pastorais Sociais! AMÉM!

 

 

DOWNLOAD DO ARQUIVO →